Página de textos

Páginas de texto são bem menos frequentes do que páginas de fotos ou vídeos, e por isso não são o coração do Be on the Net. Mas elas são bem mais versáteis do que as de fotos e vídeos, porque permitem ao cliente pôr todo tipo de conteúdo HTML — até mesmo uma ou outra foto ou vídeo.

Por causa desta versatilidade, as páginas do módulo de texto são também as mais imprevisíveis. Ao contrário das dos módulos de imagem, vídeo, contato, R.S.V.P. e erros, não há como saber o que o cliente pretende exibir em seu site, em termos de conteúdo escrito. Por isso, neste caso, é preciso fazer um esforço para tentar prever toda espécie aplicação de HTML possível, fazendo um estilo abrangente o suficiente para tornar agradável a leitura e visualização de diversos tipos de conteúdo.

Nesta página, vamos exibir algumas das tags mais usadas em nossa experiência com os 100 primeiros usuários do Be on the Net.

O que você vai precisar dominar

Listas

  1. Também vai ser bem útil domar listas numéricas (ou ordenadas). Elas aparecem de vez em quando;
  2. Os tipos de listas são três:
    1. As listas de marcadores, ou não ordenadas (unordered). São as da tag <ul>;
    2. As listas ordenadas, que são estas da tag <ol>;
    3. E por último as listas de definição, que você vai ver logo abaixo;
  3. Mas isso tudo sobre listas você já sabia, certo? OK, só estou enchendo espaço para termos o que estilizar. Vamos à próxima lista.
Listas de definição
São listas muito úteis, que dão um termo (tag <dt>) e logo a seguir sua definição ou descrição (tag <dd>). Têm aplicabilidade em muitos casos;
Exemplos de aplicação
Um dicionário. O dicionário é feito de termos e definições, e uma versão online de um dicionário poderia muito bem ser representada através de uma lista de definição. Outro exemplo: um diálogo escrito num roteiro. O nome da pessoa que fala pode ser o termo, e sua fala pode ser a definição. Fica bonitão, até sem CSS;

Depoimentos e testemunhos

Não há conjunto melhor de tags para um depoimento do que um <blockquote> com alguns parágrafos dentro, seguido por um parágrafo com a tag <cite>. O <blockquote> fica sendo o testemunho propriamente dito, e o <cite> representa a pessoa que o disse. Fica bacana até sem o CSS!

Equipe Be on the Net

Há alguns clientes do Be on the Net que usam bastante depoimentos em seus sites. Descubra quem são em nossa página de clientes.

Leandro Mello